ESTATÍSTICAS INTERNACIONAIS

As pesquisas mostram que quase metade dos frequentadores europeus de clubes de dança têm estado elevados em cocaína.

A cocaína é a segunda droga ilegal mais traficada no mundo. As mais recentes estatísticas mostram que as apreensões internacionais de cocaína continuam a crescer e agora totalizam as 756 toneladas métricas, a maior quantidade de drogas apreendida na América do Sul, seguida da América do Norte.

De acordo com o European Monitoring Centre on Drugs and Drug Addiction (Centro Europeu de Supervisão de Drogas e Toxicodependência), a cocaína é também a segunda droga ilícita mais usada na Europa. Uma estimativa diz que jovens de 15 a 34 anos num total de 7,5 milhões de jovens usaram cocaína pelo menos uma vez na vida, 3,5 milhões no ano passado e 1,5 milhões no mês passado.

Nos Estados Unidos, a Pesquisa Nacional da Toxicodependência e Saúde de 2006 relatou que 35,3 milhões de americanos com idade de 12 anos e acima relataram ter consumido cocaína. Entre os jovens adultos na idade de 18 aos 25 anos, a taxa do ano passado era de 6,9%. Entre os estudantes da escola secundária, 8,5% dos alunos do 12.° ano usaram cocaína nalgum momento das suas vidas, conforme o Estudo do Controlo do Futuro de 2006, feito pelo National Institute for Drug Abuse (Instituto Nacional para a Toxicodependência).

Nos Estados Unidos, a cocaína continua a ser a droga ilegal mais frequentemente relatada à Drug Abuse Warning Network (Rede de Alerta da Toxicodependência) pelos departamentos de emergência hospitalar. Foram relatadas 448.481 visitas ao departamento de emergência que envolviam cocaína em 2005.

“O meu amigo consumia drogas há quatro anos, três das quais eram drogas pesadas como a cocaína, LSD, morfina e muitos antidepressivos e analgésicos. Na verdade qualquer coisa a que ele pudesse deitar as suas mãos. Ele estava sempre a queixar–se de dores terríveis no seu corpo e estava cada vez pior, até que ele finalmente foi procurar um médico.

O médico disse–lhe que não havia mais nada que se pudesse fazer por ele, e que devido à deterioração do seu corpo, ele não iria viver muito mais. No espaço de dias – ele morreu.
– Dwayne