EFEITOS A LONGO PRAZO

A abstinência de heroína é uma experiência terrífica que começa a torturar o corpo nas horas seguintes à última dose. Crédito fotográfico: istock.com/Peeter Viisimaa

Os efeitos no corpo devido ao uso continuado desta droga são devastadores. Injecções frequentes podem causar o colapso de veias, e podem levar a infecções dos vasos sanguíneos e válvulas do coração. Poderá ser contraída tuberculose1 como resultado da condição debilitada geral do corpo. A artrite é outro resultado a longo prazo da dependência de heroína.

O estilo de vida do dependente — no qual os consumidores de heroína partilham frequentemente as agulhas — leva ao SIDA/AIDS e a outras infecções contagiosas. Estima–se que das 35.000 novas infecções de hepatite C2 (doença do fígado) por ano nos Estados Unidos, mais de 70% são de consumidores de droga que usam agulhas.

Abcessos devido ao uso de agulhas subcutâneas marcam o corpo de toxicodependente de 16 anos. Crédito fotográfico: U.S. Treasury Department, Bureau of Narcotics/dependente de heroína

 

 

Os efeitos a longo prazo incluem

  • Problemas dentários
  • Inflamação das gengivas
  • Obstipação (Prisão de ventre)
  • Suores frios
  • Comichão
  • Enfraquecimento do sistema imunitário
  • Coma
  • Doenças respiratórias
  • Enfraquecimento muscular, paralisia parcial
  • Capacidade sexual reduzida e impotência a longo prazo nos homens
  • Perturbações menstruais nas mulheres
  • Incapacidade de atingir o orgasmo (homem e mulher)
  • Perda da memória e desempenho intelectual
  • Introversão
  • Depressão
  • Pústulas na cara
  • Perda de apetite
  • Insónia
“As pessoas acreditam que a heroína é o máximo, mas perdes tudo: trabalho, pais, amigos, confiança, a tua casa. Mentir e roubar tornam–se um hábito. Não respeitas mais nada nem ninguém.” — Pete
  1. 1. tuberculose: uma doença infecciosa que afecta os pulmões e outros órgãos.