A RITALINA LEVA A OUTRAS DROGAS

A HISTÓRIA DE KURT:
A lenda do rock Kurt Cobain começou com Ritalina aos 7 anos de idade. A viúva de Cobain, Courtney Love, acredita que esta droga levou–o a consumir mais tarde drogas mais fortes. Ele cometeu suicídio com um tiro de espingarda em 1994. Também foi prescrita Ritalina a Love quando esta era criança. Ela descreveu a experiência desta forma: “Quando se é uma criança e se tem esta droga que o faz sentir esse sentimento [eufórico], para que outra coisa é que se irá virar quando é adulto?”

Um estudo apoiado pelo National Institute on Drug Abuse descobriu que os consumidores de Ritalina e drogas similares “exibiam a maior percentagem de consumo de cocaína."

Devido ao aumento da tolerância, o consumo de Ritalina pode levar a consumir drogas mais fortes para conseguir a mesma euforia. Quando os efeitos começam a desaparecer, a pessoa pode procurar drogas mais potentes para se libertar das condições indesejadas que a levaram a consumir a droga em primeiro lugar.

A própria Ritalina não conduz a pessoa a outras drogas: as pessoas consomem drogas para se livrarem de situações ou sentimentos indesejados. A droga mascara o problema durante algum tempo (enquanto o consumidor está eufórico). Quando a “viagem” se desvanece, o problema, a condição indesejada, a situação retorna mais intensamente do que antes. O consumidor pode então voltar–se para drogas mais fortes visto que a Ritalina já não “funciona” mais.

Um estudo com 500 estudantes durante um período de anos descobriu que aqueles que consumiam Ritalina teriam uma maior probabilidade de consumir cocaína e outros estimulantes mais tarde na sua vida.

De acordo com um estudo de 2005, os adolescentes que consomem drogas prescritas eram 12 vezes mais propensos a consumirem heroína, 15 vezes mais propensos a consumirem Ecstasy e 20 vezes mais prováveis a consumir cocaína, comparando com adolescentes que não consomem tais drogas.

Justificações comuns (Não caia na armadilha):

Há muitas justificações para consumir esta droga poderosa. Reconheça–as pelo que são: Falsas!

  • Todas as pessoas a usam.
  • É só para estudar.
  • O meu irmão consome para tratar um distúrbio de aprendizagem, não pode ser tão má.
  • Não causam dependência.
  • Pode controlá–la. Não tem que tomá–la outra vez se não quiser.

Não permita que outros, ao fingirem ser seus amigos, o persuadam para a armadilha.