DROGAS PRESCRITAS: O QUE É QUE VOCÊ NÃO SABE

Devido ao seu potencial de abuso e dependência, muitas drogas prescritas foram categorizadas pela Drug Enforcement Administration dos Estados Unidos na mesma categoria que o ópio ou a cocaína. Esses incluem a Ritalina e o Dexedrine (estimulantes), e os analgésicos OxyContin, Demerol e Roxanol.

Muitas drogas ilegais de rua foram um dia usadas ou prescritas por médicos ou psiquiatras, mas depois interditadas quando os seus efeitos perigosos foram evidenciados não podendo ser mais ignorados. Exemplos são a heroína, cocaína, LSD, metanfetamina e Ecstasy.

O abuso de drogas prescritas pode até mesmo ser mais arriscado do que o abuso de drogas manufacturadas ilegalmente. A alta potência de algumas drogas sintéticas (produzidas artificialmente pelo homem) disponíveis como drogas prescritas cria um alto risco de overdose. Isto é especialmente verdadeiro no OxyContin e analgésicos semelhantes, onde as mortes por overdose duplicaram–se num período de cinco anos.

Muitas pessoas não imaginam que a distribuição ou venda de drogas prescritas (não feita por médicos) são uma forma de tráfico de drogas, e é tão ilegal quanto a venda de heroína ou cocaína, com multas caras e cadeia. Quando o tráfico resulta em morte ou lesão corporal séria, os traficantes podem receber prisão perpétua.

Tipos de abuso de drogas prescritas

As drogas prescritas que são tomadas para o uso recreativo incluem as principais categorias abaixo:

1.Depressivos: Muitas vezes referidos como depressivos do sistema nervoso central (medula cerebral e espinal), essas drogas reduzem a velocidade da função cerebral. Elas incluem medicamentos sedativos (usados para deixar uma pessoa calma e sonolenta) e tranquilizantes (usados para reduzir a tensão ou a ansiedade).

2.Opiáceos e derivados de Morfina: 1 Geralmente denominados como analgésicos, essas drogas contêm substâncias do ópio ou semelhantes ao ópio e são usadas para aliviar a dor.

3. Estimulantes: um tipo de drogas que pretende aumentar a energia e estado de alerta mas que também aumenta a pressão sanguínea, os batimentos cardíacos e a respiração.

4. Antidepressivos: Drogas psiquiátricas que supostamente controlam a depressão.

  1. 1. derivado de: uma substância química formada a partir de uma substância relacionada.