ESTIMULANTES

Os estimulantes, às vezes chamados “energéticos”, aumentam temporariamente o estado de alerta e a energia. As drogas de rua mais usadas que encaixam nesta categoria são a cocaína e anfetaminas.

Os estimulantes prescritos vêm em comprimidos ou cápsulas. Quando abusados, eles são engolidos, injectados na forma líquida ou triturados e inalados.

Efeitos a Curto Prazo:

Os efeitos a curto prazo dos estimulantes incluem a exaustão, a apatia e a depressão — a “queda” que se segue à “subida”. É esta exaustão imediata e duradoura que rapidamente leva o consumidor a querer a droga novamente. Em pouco tempo, ele não está a tentar ficar “alucinado”, ele só está a tentar “ficar bem” — sentir alguma energia em absoluto.

EFEITOS A LONGO PRAZO:

Os estimulantes podem causar dependência. Doses elevadas repetidas de alguns estimulantes num período curto de tempo podem levar a sensações de hostilidade ou paranoia. Tais doses também podem resultar em febres perigosamente altas e taquicardias.

 

Para mais informações acerca do abuso de estimulantes de prescrição médica, veja A Verdade sobre o Consumo de Ritalina.



NOMES DE RUA


BRAND NAMES Ritalin Concerta Biphetamine Dexedrine STREET NAMES R-ball Skippy The smart drug Vitamin R JIF Kibbles and bits Speed Truck drivers Bennies Black beauties Crosses Hearts LA turnaround Uppers